segunda-feira, 27 de julho de 2009

Should I use Kate Perry's I Kissed a Girl in my EFL class?

Since we started a discussion about songs in class, this is an opportunity to think of the suitability of a song for certain classes. Do you remember the teacher from DF who got fired for having used Kate Perry’s mega hit I Kissed a Girl in class? If you haven’t, here you can read the stories in Portuguese on the following sites: Folha, Gazeta do Povo, Mundo Mais, WordPress, Rolling Stone e Lazer Música. If you still don’t recall the song itself, if you don’t remember the lyrics, or if you want a hint on how to illustrate a song so your students can understand it better, check out this video, and don’t forget to stand for your point of view on this issue, please. Kleber Garcia
video

8 comentários:

B L O G G Y G L O T A disse...

Adorei video !!! Muito legal! parabens!!!
THAIS

B L O G G Y G L O T A disse...

Hi Kleber!!!
Vc é demais!!! Adorei!!! ahahaha
Kisses!!!
Ju

Anônimo disse...

Caracassssssss
Ficou massa!! Ficou muito bom mesmo!!
Vc é genial!!
Sou seu fã, meu amigo!!
Bjo no seu coração
Derly

Stephania disse...

O vídeo ficou ótimo, Kléber!

Quanto a usar ou não a música de Kate Perry em sala de aula (ou qualquer outra música que faça apologia ao homossexualismo), acredito que depende de vários fatores:
1) Acreditar (ou não) na causa homossexual;
2) Estar disposto (ou não) a lutar por essa causa;
3) Ter em mente que essa luta tem seu preço e que, às vezes, o preço é o próprio emprego;
4) Estar disposto a, ou em condições de pagar o preço da ideologia: nem todos podem se dar ao luxo de perder o emprego, pois sabem que há dificuldades em arrumar outro (principalmente para aqueles que apresentam certas lacunas em sua formação).

Tendo em vista todos esses pontos, creio que cabe a cada um fazer suas escolhas.

Stephania

Vitor disse...

Kleber que bacana !!!!
Muito legal mesmo.

Sobre o caso de DF, puts eu não sabia daquilo, puro preconceito, pois temos que trabalhar de tudo que é de exposto ao aluno e ajudalo a desenvolver sua propria idéia sobre o fato e não ficar maquiando a vida!!!

B L O G G Y G L O T A disse...

In my opinion, you should...
Isso, para mim, não é alusão ao homossexualismo ou à bebida, mas à vida social em geral. Quem de nós não está sujeito a beber um pouco mais que devia e fazer uma loucura? A música, como qualquer arte, nasce da vida, tem vida e razão de ser. Por isso, go ahead.
Your video is great!

Dri disse...

Kleber, que preconceito que nada!
A maneira como você ilustrou a música ficou mágica! Parabéns!

Aidê disse...

Ri muiuuuuto, adoro essa música.