segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Binômio Fantástico


Pessoal, achei interessante compartilhar com vocês a idéia do "Jogo do Binômio Fantástico", criado pelo italiano Gianni Rodari.
Para quem não conhece, Rodari é autor de obras que são consideradas clássicos da literatura infantil, ganhador do prêmio Hans Christian Andersen, considerado o prêmio Nobel da área. Entre outras coisas, participou da resistência italiana na Segunda Guerra Mundial e promoveu uma grande renovação da literatura para as crianças nos anos 1960. Mas é melhor ficar somente em "Gramática da Fantasia", seu livro de maior sucesso.
Nele, transformando o leitor em aprendiz de feiticeiro, Rodari apresenta várias técnicas e exercícios para o desenvolvimento da imaginação e da criatividade, com propostas práticas e simples que podem resultar na produção de narrativas orais ou escritas.
A partir da idéia-chave de um "binômico fantástico", isto é, de duas palavras que se unem por acaso, como "cão" e "armário", o autor demonstra como criar uma história em que um homem, ao voltar para a casa e abrir o guarda-roupas para pegar o roupão, se depara com um cachorro.
Fica aí a idéia. Basta sugerirmos duas palavras, de preferência dísparas, para que os alunos escrevam enunciados, ou até histórias, em que as duas palavras se relacionam.
Abraço, Silvia

3 comentários:

Stephania disse...

Muito criativa a idéia, Sílvia! Creio que pode ser muito bem aproveitada!
Há também um livro da prof. Sônia Zyngier (UFRJ) que se chama "Developing Critical Literacy", no qual ela apresenta diversas atividades para trazer a literatura para dentro da sala de aula de uma maneira lúdica e criativa. Pariticipei de um workshop que ela desenvolveu no último congresso da Abrapui, no qual realizamos algumas atividades do livro. Foi bem interessante. Infelizmente, esse livro não está à disposição nas livrarias, mas quem tiver interesse, basta mandar um e-mail para ela pedindo uma cópia ou coisa parecida (sonia.zyngier@gmail.com).
beijos, até mais

Stephania disse...

Esqueci de acrescentar: uma das atividades é a criação de um poema baseado no método da combinação de palavras díspares, parecido com o jogo do binômio fantástico (por isso que me lembrei do livro).

Fabrício disse...

Muito bem, meninas! Bom trabalho!