quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Quem fala inglês de escola é nerd?

Este depoimento foi publicado ontem na revista Saúde RP, uma publicação trimestral que trata de assuntos da área médica, numa matéria sobre intercâmbio na página 63. Quem fala é Vitor Fortunato, 18 anos, que foi para South Charleston, Virginia, EUA. Leia isto:
"A minha experiência com o inglês ajudou um pouco, mas lá as pessoas não usam o mesmo vocabulário ensinado num curso no Brasil para se comunicar no dia a dia. Há muitas gírias e precisei dominá-las para poder fazer amigos. Se falasse apenas o inglês que aprendi aqui, iria parecer um nerd".
Esta é uma excelente oportunidade de registrar aqui sua passagem. Seus alunos de vez em quando te questionam com coisas desse tipo? Como é que você reage? Qual foi a sua experiência, e como é que você lida com isso na sua sala? Poste.
Kleber Garcia

Um comentário:

Luciano Alvarenga disse...

Pessoal, bacana que meu texto tenha interessado e ainda publicado neste blog.
abraço fraterno, Luciano